quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008



O vento anda aí, soprando solto o amor

espalhando sorrisos num chão sagrado e amante

Apanhou-nos o corpo, conquistou nossas almas

e agora, agora é tarde de mais

No tempo da vida, um coração que se aquece

um amor eterno, que nunca se esquece

É uma vitória, conseguida por nós

Um sonho bonito que não vai terminar

Sou eu aqui, querendo amar-te para sempre

olhar-te nos olhos, e dar-te a mão.

Sorrir-te de longe, abraçar-te de perto

E agora, agora é tarde de mais...

Uma música com mais de 15 anos.