terça-feira, 2 de dezembro de 2008

"Conta-me histórias

Fomos ao teatro ver “conta-me histórias”.
Foi muito engraçado, com histórias interpretadas por crianças para crianças, com muita música, movimento e animação.
O P. e o M. gostaram muito. Mesmo. Participaram nas histórias (eram muito interactivas, com perguntas direccionadas ao público), pediram mais e nos dias seguintes contaram-me a história à sua maneira.
Mal se lembram da história do Capuchinho vermelho e também não falam muito na do “João e da Maria”. A que os encantou foi, sem dúvida, a da carochinha e do João Ratão.
Cantam as músicas, brincam ás personagens (o P. diz que o M. é a carochinha e que ele é o João Ratão. O M. diz que não pode ser porque não é menina:
- não vês, mano? Não pode ser! Não tenho gancho. Nem laços na cabeça. Nem pombinha… - assim, combinaram que o M. é o João Ratão pequenino e o P. o João Ratão grande), pedem-me para cantar a música da carochinha…
Gostaram mesmo muito e fico sempre muito feliz por saber que lhes podemos alargar os horizontes. Acredito que as crianças precisam de estímulos, para crescerem saudáveis e de mentes abertas. Estímulos a todos os níveis, mas decerto que o teatro, a música e a pintura são alguns deles.
Ainda bem que lhes podemos proporcionar esses estímulos e que eles apreciam!