sábado, 27 de dezembro de 2008

Mais um Natal que passou...

O Natal já passou e foi um Natal tranquilo, doce, em familia, como todos os natais devem ser.
Estivemos em casa de uns primos, em Celorico, pelo que o frio foi mais que muito, mas isso também só veio ajudar a que o cenário natalício fosse completo...
Os miúdos mais velhos ficaram encantados com o Pai Natal. Logo que bateu á porta (sim, porque vir pela chaminé não era nada prático) e entrou, o M. começou, muito sério e concentrado, a cantar-lhe a música do Pinheirinho. Uma ternura este meu filho!
O P. perguntou-lhe se podia abrir as prendas (há é que ser pratico) e o J. manteve-se calmo, como é habital.
Agarra-se a tudo para se levantar, corre a casa a gatinhar e brinda-nos com umas palminhas lindas, este nosso bébé lindo.
Foi, sobretudo, um Natal de confirmação. O nosso primeiro natal a cinco, enquanto familia completa.
De resto, os presentes habituais, as mensagens habituais, os amigos e momentos habituais.
E é bom que assim seja. Que tudo se repita. Que o habitual se mantenha habitual. Porque estamos bem e somos felizes assim.
Obrigada Pai Natal!