sexta-feira, 6 de março de 2009

Sobre o J., os filhos em geral e a falta de tempo ou sobre a capacidade de partilhar o esse tempo


O J. deu antes de ontem o seu primeiro passo. Já podia ter sido há mais tempo, mas eu não incentivo.
O M. e o P. começaram a andar apenas com 15 meses e o J. será quando ele quiser.
Mas que é giro vê-lo tanto tempo em pé, sozinho e a dar os primeiros passitos, é.
Tem crescido a um ritmo assustador. Está grande, esperto, resmunguento, adora comer (ainda ontem se fartou de comer arroz), bebe leite em grandes quantidades (300ml de cada vez), adora brincar com os irmãos e tirar-lhes os brinquedos, continua a ter birras de sono (vejo-me aflita para ele adormecer), gosta pouco de colos estranhos (Mãe, Pai, Avó e pouco mais) e continua sorridente até mais não…
Já fez um ano. E de repente percebo que ele cresceu e que eu não aproveitei como devia estes primeiros doze meses da sua vida. Aproveitei como podia, é certo, mas mais com instinto de sobrevivência que outra coisa.
Sobrevivemos. Mas sei que daqui a uns anos vou olhar para trás e pensar no que perdi…
Não é fácil dar atenção a três bebés.
Nenhum deles pode ter atenção exclusiva e isso ás vezes é difícil de gerir… Apesar disso, todos os dias me esforço para brincar com os três, para ter um bocadinho para cada um deles, um miminho especial.
Estava a ler há pouco um artigo que dizia que grande parte das birras vespertinas dos miúdos tem que ver com o facto de os pais não tirarem 10 mts do seu tempo quando chegam a casa do trabalho para eles.
Porque os nossos filhos passam tanto tempo fora de casa que quando nós chegamos, têm imensas expectativas e vontade de “matar saudades”. Bastariam esses 10 minutos para que eles percebessem que nós, pais, também tivemos muitas saudades deles…
Será que é assim tão fácil???
Não sei. Mas sei que olho por mim várias vezes a dizer não. Só não. A educar. E também é preciso tempo diário, de qualidade, para brincar.
A partir de agora vou fazer um esforço ainda maior para dedicar os meus 10 primeiros minutos em casa, aos meus filhos. Não a dar-lhes a sopa, ou a levá-los à casa de banho, mas a brincar.
Vamos ver se é assim tão fácil…

6 comentários:

MJC disse...

Concordo com todas as tuas palavras! Também eu sinto que deveria passar mais tempo de "qualidade" com os meus filhotes! Brincar! Brincar muito! O tempo passa tão depressa e nós não aproveitamos o que deviamos. É tão dificil gerir toda a nossa rotina diária... Vou seguir as tuas palavras e tentar dar, pelo menos, 10 minutos do meu tempo a cada um dos meus filhotes...

MJC disse...

Mas tempo de QUALIDADE!

A mamã disse...

POIS É VERDADE ...PARABÉNS PELOS PASSINHO DO BEBÉ
JINHOS FOFOS AOS 4
PAULA

Adriana disse...

É bem verdade!! o tempo passa a correr e nós não damos toda a atenção que gostariamos de dar aos nossos filhotes. É complicado.
Temos de aproveitar todos os momentos com eles.
Bj;)

banita disse...

Parabéns pelos pimeiros passitos! É uma fase tão gira, essa!
beijinhos para todos

somebody disse...

酒店經紀人,菲梵酒店經紀,酒店經紀,禮服酒店上班,酒店小姐,便服酒店經紀,酒店打工,酒店寒假打工,酒店經紀,酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工經紀,制服酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工,酒店經紀,制服酒店經紀,酒店經紀