sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Abraços


E hoje, mesmo antes de sair de casa, já a descer as escadas:
M. - mamã, mamã!
Eu - Sim?
M. - falta o meu coração, mamã...
E ficamos num abraço apertadinho, logo seguido do P., que também veio com ar malandreco reivindicar o seu.