quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Amor com conta e medida


Nunca sentiram que às vezes o amor parece ser demais?
Não sei bem como explicar isto mas há dias em que é como se o amor transbordasse pelos poros, como lava a escorrer de um vulcão ou bolas de sabão a voar incontroláveis por um qualquer jardim da cidade…
Pois. Não sei bem explicar. Mas há momentos em que o meu amor é, simplesmente, demais.

E depois, como num passe de mágica, percebo que é impossível amar demais….

O amor tem sempre a medida certa.