segunda-feira, 1 de março de 2010

Decidir


Há momentos na vida em que é preciso decidir.
Por muito que nos apeteça adiar, há momentos em que precisamos de parar e decidir.
Nem sempre é fácil. Porque o mais confortável, as mais das vezes, é esperar. Deixar que tudo se resolva com o tempo. Ver se o tempo vem de encontro às nossas aspirações.
Mas depois, por uma razão ou outra, percebemos que não vale a pena. Que a indecisão é um fogo que, na maioria das situações, nos vai queimar. E quando esse fogo passa para a necessidade que sentimos em tomar uma decisão, seja ela qual for, temos mesmo de decidir.
Mal ou bem, não interessa. Temos é que decidir. Sem nos arrependermos da decisão.
Porque é sempre mais válida uma decisão errada que uma não decisão.