quarta-feira, 10 de março de 2010


E o meu dia de aniversário passou.


Sem grandes novidades. Fui buscar os meus petizes mais velhos à escola e, com eles, com o J. e a minha mãe fomos lanchar e brincar nos "morangos".

Depois fizemos um jantarinho caseiro, muito familiar, onde nao faltaram as velas e os parabéns!

Tudo normal e isso é bom. Cada vez mais gosto da normalidade...

De resto os telefonemas e mensagens habituais, que aquecem o coração. E flores.

E para mais coisas, temos tempo depois!


Na próxima sexta jantar com os amigos e, se for possível, neve na próxima semana.

Porque afinal, se o Natal é quando um homem quer, o aniversário pode muito bem ser quando uma mulher quiser.

Obrigada por todas as mensagens de carinho, todos os beijos e mimos!