sexta-feira, 19 de março de 2010

Quem, eu?


Eu, de manhã, a colocar o cinto de segurança no M.

- filho, põe-te para trás; vá lá, olha o braço; tira a mochila senao nao consigo prender: olha a mão que vai ficar presa, anda lá, depressa...

ele: Oh mãe, és tão refilona!


E mai nada!