terça-feira, 18 de outubro de 2011

Às vezes não consigo deixar de pensar (e note-se que pensar é diferente de sentir) que a minha vida seria bem mais fácil se em vez de três filhos tivesse apenas um ou dois. Não é uma questão de ser um deles ou qualquer um dos outros, é apenas uma questão de logística pura e simples.
Precisamos de um carro maior, precisamos de uma casa maior, precisamos de dois quartos em férias, precisávamos (se eu tivesse) de mais mãos e de mais pernas para colos.

Não há como negar que ter três filhos é mais complicado, pronto. Mais difícil de gerir.

Mas, depois, chego a casa. E sempre que chego a casa tenho um mar de ruído à minha espera. E três pares de olhos postos em mim com milhentas solicitações. E seis braços á espera de serem trocados e três bocas à espera de me lambuzarem de beijos.

É claro que é difícil ir ao supermercado com três crianças. Ou ir comprar sapatos a todos. E chegar a casa com três crianças a dormir mais sacos de compras e afins. É difícil encontrar um hotel que nos aceite a todos num quarto, cabermos todos num carro que não seja o nosso (de sete lugares), proporcionar a todos actividades extracurriculares, ouvir todos (logo eles que gostam tanto de falar em coro) e responder a cada um deles com a atenção e cuidado que merecem.
Mas é tão fácil amá-los meu Deus…

Com todas as impaciências que infelizmente vou tendo, com todas as vozes levantadas que não consigo evitar, com todas as palmadas e castigos que não consigo deixar de dar, tão fácil amá-los…
Não consigo imaginar a minha vida sem qualquer um deles. Todos os dias tenho pressa em ir para casa para vê-los, para estar com eles, para sentir que estamos todos juntos e somos uns dos outros. Eles são a minha casa, a minha missão maior, o meu maior orgulho enquanto ser humano.

Tão fácil ser mãe deles.

3 comentários:

mãeee disse...

Amei e emocionei-me ao ler-te!
beijinhos grandes

Anónimo disse...

Como te entendo... SÓ tenho um filho (infelizmente) mas tenho mtos sobrinhos com os quais costumo passar terdes inteiras. Este fim de semana a minha irmã foi para fora e eu fiquei com os 3 dela e o meu (1,3, 5 e 7 Anos)... Bem...~como eu admiro as MÃES de 3 ou mais filhos... é como tu dizes, é tão fácil amar e curtir os momentos mas... a logística, os banhos, as refeições, o deitar e gerir conflitos...
É uma casa cheia....

Parabéns, beijinhos e mtas felicidades para ti e para os teus príncipes.

Marisa

kat disse...

eu tenho 2 pequenitos e sinto muito do que dizes por isso agradeço a abertura e franqueza com que falas das coisas. Há sempre aquele sentimento de não chegarmos a tudo quanto queríamos, mas é inevitável... o amor é o nosso guia... parabéns, acho que estás a fazer um "trabalho" fantástico com o teus filhos!