segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Toalha de banho na cabeça

Estava eu a sair do banho, de toalha enrolada à volta da cabeça como sempre faço, quando ouço o P.:
- mamã, apéu!
Tenho mesmo de explicar aos meus filhos a importância de uma toalha na vida da Mamã...
Não, não é um chapéu! É um objecto de culto, uma rotina, um direito adquirido, uma memória, uma tradição. Um facto da vida absolutamente certo e inalterável.
Faz parte daquele momento em que o banho terminou, mas ainda se sente o cheiro ao gel de banho e ainda não tenho de pensar "o que raio vou fazer ao cabelo que já não tem corte nenhum, nem madeixas nem nada e não posso ir ao cabeleireiro".
Na verdade, uma toalha na cabeça é uma instituição!

Chamar-lhe chapéu é, de facto, um insulto!