sábado, 19 de janeiro de 2008

Os miúdos e as suas percepções

Os miúdos têm um boneco, um pato, a que nunca ligaram muito.
Outro dia encontrei-o sujo, numa gaveta, e comentei com a minha Mãe que era preciso lavá-lo e que depois o guardaríamos para o J.
O M. e P. estavam a brincar, junto de nós mas, pensava eu, completamente alheados da minha conversa.
O M. ouviu, dirigiu-se à gaveta, pegou no pato e atirou-o para o lava-loiça, para que o pato fosse lavado.
E isto faz-me pensar que os miúdos, apesar de pequeninos e mal saberem falar, estão muito mais atentos a tudo à sua volta do que eu julgava.
E faz-me ainda pensar que tenho de ter muito cuidado com o que digo quando acho que eles estão distraídos ou que não vão perceber.
Porque percebem. E o que não percebem ainda, sentem. E isso, faz toda a diferença.