quinta-feira, 31 de julho de 2008




O P. e o M. estão numa fase muito gira.


Dizem tudo, perguntam tudo, querem saber sobre tudo.


Á noite não passam sem uma historia, mas agora querem ser eles a contá-la. Sentam-se na cama, e lêem os livros, ou antes, as imagens: Era uma vez um barco, uma menina que nadava com os peixes, etc...


É mesmo engraçado!


Estão também na fase de largar as fraldas.


Ou melhor: de eu tentar que larguem as fraldas...


Mas hoje, pela primeira vez pediram-me para fazer cócó na sanita.


E este crescimento não deixa de me comover.


Coisas tão básicas como ir à sanita não deixam de ser surpreendentes em meninos tão pequeninos...


Não vai ser um processo rápido, mas está a ir. Devagarinho.


E temos uma espécie de combinação: Se tiverem a fralda sequinha, dou-lhes muitos beijinhos; se não tiverem, não há beijinhos.


Então, de cada vez que têm a fralda sequinha, levantam a carita: Beijinhos, mãe. A mamã está contente?




Tão imensamente lindos!