sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Punta Umbria


Acho que não cheguei a fazer um balanço das férias.

Pois bem:

conhecem aquela sensação de ir ver um filme de que toda a gente gostou muito e ficamos no fim, desiludidos, porque afinal não era assim tão bom?

No meu caso, foi o oposto: As minhas expectativas estavam tão baixas que só podia correr melhor!

E na verdade, correu tudo muito bem.

O sitio é realmente bonito (bem mais que a Tunisia e bem mais perto), quente, com o mar sempre morno e sem ondas, a areia do mais fino que já vi e com a vantagem de estar a menos de uma hora, de carro, de Portugal.

O apartamente não era nada de especial mas o condominio era muito interessante, pertíssimo da praia, com piscina para adultos e para crianças, jardins e um chiringuito que nos dava muito jeito para almoçar depois da praia.


E a praia ajuda, de facto, imenso, a descansar.

Curiosamente, até tive tempo para ler um livro! Eu que já não lia há tanto tempo...


Claro que fiz mais exercicio do que em quaisquer outras férias (muitas idas à casa de banho com dois meninos em fase de largar a fralda e muito colo), mas no geral gostei muito.

Para o ano, se assim se proporcionar, vamos para lá outra vez.


Quanto ao local, aconselho: Punta Umbria, numa parte chamada Nuevo portil, inserido num parque natural com uma lagoa imensa com flamingos, e um caminho em madeira (ao lado do amr e no meio dos pinhais que é optimo para passear no final do dia, tudo muito organizado, limpo e estéticamente agradável...