terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Sobre a adopção


Está constatado e confirmadíssimo: sou mesmo uma chorona…
Mas digam-me lá: Alguém viu ontem a reportagem na TVI sobre adopção?
Eu só vi um bocadinho de nada, no momento em que desci para arrumar a cozinha, mas apanhei ainda o meio de uma história de um menino que já foi adoptado crescido (pareceu-me) e os comentários á integração dele naquela família.
Se viram, têm de concordar comigo – não sou só que eu sou chorona, pois não?
É que não consigo deixar de chorar ao pensar nas crianças que se perdem em instituições, completamente desenraizadas, sem uma família onde possam crescer e no nosso imenso egoísmo ao darmos milhentas desculpas para uma não adopção.
Ou é porque é difícil, ou porque demora tempo, ou porque as crianças não se vão adaptar, ou porque nós não vamos ter o filho perfeito com que sempre sonhamos, ou porque nós não nos vamos saber adaptar, ou porque a restante família vai rejeitar, ou porque a vida está difícil, ou porque as condições não são as plenas ou porque nem sequer pensamos nisso…
Oh, meus amigos! Desculpa é desculpa!!!!!
Mas é só isso mesmo…
Porque não há desculpa que valha àquelas crianças que se desencontram numa rede de burocracias por um lado e desculpas nossas por outro.
A vida não é perfeita, certo? Sheet hapens. Mas é assim mesmo!
Muito dificilmente haverá as condições ideais para adoptar.
E eu, naturalmente, tb me incluo no lote das desculpas.
E com muitas dúvidas, claro.
Mas acho que não as suficientes para não adoptar.
Sozinha, acompanhada, com três ou mais filhos, nesta ou noutra casa qualquer, vou adoptar mesmo. Um filho ou dois, se forem irmãos.
Vai ser difícil? Vai. Vai ser moroso? Vai. Mas eu tenho tempo. E também já sabem que dificuldades não é coisa que me assuste (LOL)

6 comentários:

Edith disse...

Sim eu vi, sim eu chorei, sim concordo contigo. Já pensei muitas vezes em adoptar, quem sabe, talvez o faça.

Bjs e já agora um excelente 2010...

mãeee disse...

Não vi, mas tenho a certeza que choraria, como sempre faço com tudo o que envolve sofrimento desnecessário e injusto em crianças.
Adoptar está no plano dos nossos desejos, quando e se o espaço deixar de ser pequeno para 5 e puder acolher mais uma criança ... porque no coração há sempre espaço

beijinhos muitos neste início de um novo ano

Jorge Freitas Soares disse...

Olá

Conheço essa imagem de algum lado :-)

Eu não gostei da reportagem, por acaso até conheço duas das pessoas que participaram, e sei que pelo menos uma está tão chateada como eu, porque foi mais do mesmo, porque de novo os candidatos são os culpados,... há tantas meias verdades em tudo o que foi apresentado, tantas ...

Amanhã vou falar sobre o assunto ...

Jorge Soares

Solita disse...

tbm gostava muito, mas de facto os processos são demoradissimos. Mas olha que uma vez vi uma reportagem sobre crianças k saõ adoptadas e depois as familias "devolvem-nas" como se trata-se de um artigo de compra.
jinhos

Jorge Freitas Soares disse...

Voltei.

Se calhar não me expressei da forma mais correcta no meu post, eu não me estava a referir a ti directamente, e longe de mim criticar a tua vontade de adoptar, tenho um filho adoptado, breve, muito em breve graças à adopção internacional, vou ter uma filha adoptada, O meu post é uma critica ao porgrama e à forma como se abordaram os problemas da adopção, nunca às pessoas que querem adoptar.

Desculpa se te fiz pensar que de algum modo te estava a criticar a ti.

Jorge
PS:O contador de visitas está a lançar uma página de publicidade quando entramos no blog... não sei se te importas ou não,...

somebody disse...

酒店經紀人,菲梵酒店經紀,酒店經紀,禮服酒店上班,酒店小姐,便服酒店經紀,酒店打工,酒店寒假打工,酒店經紀,酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工經紀,制服酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工,酒店經紀,制服酒店經紀,酒店經紀